Entenda o que é o Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA e RIMA)

por | set 18, 2020 | Estudo de Impacto Ambiental, Licenciamento Ambiental | 0 Comentários

O Estudo de Impacto Ambiental está atrelado ao Licenciamento Ambiental de um empreendimento de grande porte. Ele é um documento técnico que detalha todas as características do empreendimento, os meios físicos, bióticos e socioeconômicos da área em que o empreendimento vai impactar, direta ou indiretamente, além de avaliar os impactos positivos e negativos da instalação do empreendimento e detalhar as medidas mitigadora e compensatórias para os mesmos.

Cada tipo de empreendimento possui características específicas e que devem ser apresentadas nos estudo para melhor avaliação do mesmo. A seguir, apresentamos detalhadamente o que é um estudo e um relatório de impacto ambiental para você entender tudo o que o seu empreendimento precisa. Vamos lá?

O que é um estudo de impacto ambiental?

O Estudo ou Avaliação de Impacto Ambiental é um dos instrumentos da Política Nacional do Meio Ambiente e está ligado ao Licenciamento Ambiental. Na Resolução CONAMA nº 001 de 23 de janeiro de 1986, um impacto ambiental é definido assim:

Art. 1º – Para efeito desta Resolução, considera-se impacto ambiental qualquer alteração das propriedades físicas, químicas e biológicas do meio ambiente, causada por qualquer forma de matéria ou energia resultante das atividades humanas que, direta ou indiretamente, afetam:

I – a saúde, a segurança e o bem-estar da população;

II – as atividades sociais e econômicas;

III – a biota;

IV – as condições estéticas e sanitárias do meio ambiente;

V – a qualidade dos recursos ambientais.

Essa mesma resolução define a necessidade do estudo de impacto ambiental como um suplemento ao processo de licenciamento ambiental de atividades modificadoras do meio ambiente. No Art. 2º, são esclarecidos quais empreendimentos são obrigados a apresentar esses estudos.

Assim, o Estudo de Impacto Ambiental é um processo antecipatório, com caráter preventivo, que busca servir de subsídio para melhores decisões gerenciais. Neste caso, as gerências podem ser públicas (órgão ambiental licenciador) ou privadas (a empresa pode buscar outra tecnologia ou buscar outros caminhos de investimento, por exemplo).

Portanto, o Estudo de Impacto Ambiental, por lei, é um processo participativo e sistemático. Isto é, deve envolver as comunidades impactadas e seguir várias etapas, como as Audiências Públicas para discussão da melhor alternativa ambientalmente com todos os atores envolvidos no processo de licenciamento, que por sua vez são: empreendedor, representantes do órgão ambiental, representantes municipais e população em geral.

Ainda conforme a Resolução CONAMA 001/1986, o estudo de impacto ambiental deve atender à legislação e ainda contemplar todas as alternativas ao projeto, identificar e avaliar sistematicamente os impactos ambientais gerados nas fases de implantação e operação da atividade; Definir os limites da área geográfica a ser direta ou indiretamente afetada pelos impactos e considerar os planos e programas ambientais para o local.

A Resolução traz, também, as atividades técnicas mínimas que deve ser desenvolvidas, que são:

I – Diagnóstico ambiental da área de influência do projeto, incluindo i) meio físico (subsolo, águas, ar e clima); ii) meio biológico e os ecossistemas naturais – a fauna e a flora e iii) meio socioeconômico – o uso e ocupação do solo, os usos da água e a sócio economia.

II – Análise dos impactos ambientais do projeto e de suas alternativas.

III – Definição das medidas mitigadoras dos impactos negativos.

lV – Elaboração do programa de acompanhamento e monitoramento dos impactos positivos e negativos.

Dessa forma, o Estudo de Impacto Ambiental é um projeto complexo e detalhado, que abrange de forma completa o levantamento de dados do meio onde o empreendimento será instalado.

Devido a sua complexidade e a necessidade de isso ser apresentado ao público em geral, criou-se o Relatório de Impacto Ambiental, que resume os dados do Estudo de Impacto Ambiental.

Baixe nossa apresentação e conheça mais sobre a Pronatur | Baixar apresentação | Pronatur

Onde entra o relatório de impacto ambiental (RIMA)?

Como mencionamos antes, o estudo de impacto ambiental pode ser grande e complexo. Assim, a empresa autora do estudo é obrigada a criar uma versão em linguagem mais acessível a quem não é técnico da área. A principal função do RIMA é informar a sociedade e as comunidades impactadas sobre o todo o processo de licenciamento ambiental, os estudos de todas as áreas de forma clara e com linguagem apropriada para o público que irá fazer uso dele.

Novamente, a Resolução CONAMA 001/1986 traz as orientações para a apresentação do relatório de impacto ambiental, dizendo o seguinte:

Art. 9º – O relatório de impacto ambiental – RIMA refletirá as conclusões do estudo de impacto ambiental e conterá, no mínimo:

I – Os objetivos e justificativas do projeto, sua relação e compatibilidade com as políticas setoriais, planos e programas governamentais;

II – A descrição do projeto e suas alternativas tecnológicas e locacionais (…);

III – A síntese dos resultados dos estudos de diagnósticos ambiental da área de influência do projeto;

IV – A descrição dos prováveis impactos ambientais da implantação e operação da atividade (…);

V – A caracterização da qualidade ambiental futura da área de influência, (…);

VI – A descrição do efeito esperado das medidas mitigadoras previstas em relação aos impactos negativos (…);

VII – O programa de acompanhamento e monitoramento dos impactos;

VIII – Recomendação quanto à alternativa mais favorável (conclusões e comentários de ordem geral).

Assim, o estudo de impacto ambiental é um estudo aprofundado sobre todos os potenciais danos e alternativas de um projeto para instalação e operação do empreendimento a ser licenciado. A Resolução CONAMA 001/1986 dá as diretrizes para sua elaboração, bem como do respectivo Relatório de Impacto Ambiental. Para saber quais empreendimentos estão sujeitos a esses estudos, consulte a norma e a legislação ambiental vigente em sua região.

Quer saber tudo sobre estudos ambientais, licenciamento e outorga? Então conheça o blog da Pronatur e fique sempre bem informado!

Programa de Recuperação de Áreas Degradadas: entenda como ele funciona e quando é necessário!

Você precisa realizar o Programa de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD)? Separamos informações importantes a respeito deste tema, afinal de contas, além do princípio de preservar o meio ambiente e manter o equilíbrio dos ecossistemas, este Programa ainda é...

Indicadores ambientais da qualidade da água: saiba quais você precisa ficar atento!

Os indicadores ambientais da qualidade da água devem ser de conhecimento de organizações que atuam em setores que possam, de alguma forma, interferir ou afetar o curso e qualidade dos recursos hídricos do meio ambiente. Mais do que conhecer, é necessário respeitar e...

Sustentabilidade empresarial: você sabe como seu empreendimento pode trabalhá-la?

Você, que atua como engenheiro ou técnico do meio ambiente na sua empresa, certamente tem clareza sobre a importância das ações que precisam ser realizadas em seu negócio, a favor do meio ambiente. Mas, e sobre sustentabilidade empresarial, você já ouviu falar? O...

7 leis relacionadas ao licenciamento ambiental que você precisa ficar atento!

Sabe quais são as principais leis relacionadas ao licenciamento ambiental? Se você atua na área de meio ambiente durante a execução dos projetos da empresa, saiba que é essencial ficar atento a essas leis, para garantir o sucesso dos empreendimentos. Pensando em...

Condicionantes ambientais: confira quais precisam ser realizadas em projetos de geração e transmissão de energia!

Para manter a Licença Ambiental em dia, dentro da lei e sem sofrer penalidades, as condicionantes ambientais são fatores fundamentais a serem cumpridos. As licenças ambientais possuem condicionantes ambientais necessárias para manutenção da qualidade ambiental e...

Projeto para geração de energia: entenda qual é a importância da outorga de uso da água!

A água é um bem de uso comum, logo, para utilizá-la em atividades com fins industriais e para aproveitamento de potenciais hidrelétricos é necessário obter a Outorga de uso da água. Se você chegou até aqui porque está com dúvidas, esse conteúdo, com toda certeza, é...

Auto de Infração Ambiental: entenda como ele pode impactar no projeto de Centrais de Geração Hidrelétrica!

Já ouviu falar do Auto de Infração Ambiental? Ou melhor, você sabe como ele pode ser fundamental para as boas práticas no seu projeto de Central de Geração Hidrelétrica? Se você tem dúvidas quanto a isso, continue a leitura deste conteúdo, pois vamos apresentar os...

7 motivos para você contar com uma consultoria ambiental no seu negócio!

Ainda tem dúvidas de quais são as vantagens de contar com uma consultoria ambiental para o seu negócio? Então continue a leitura que vamos mostrar alguns dos principais motivos do porquê essa pode ser uma escolha valiosa para a sua empresa. Para este conteúdo,...

Saiba como obter a licença ambiental para o seu negócio

A licença ambiental é um processo administrativo que muitos empreendimentos precisam realizar para poderem operar. Entretanto, há vários detalhes importantes que devem ser levados em conta, tais como porte da empresa, tipo de atividade, entre outros. A seguir,...

Entenda o que é o Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA e RIMA)

O Estudo de Impacto Ambiental está atrelado ao Licenciamento Ambiental de um empreendimento de grande porte. Ele é um documento técnico que detalha todas as características do empreendimento, os meios físicos, bióticos e socioeconômicos da área em que o empreendimento...

Acompanhe-nos em nossas redes sociais!

Conheça mais sobre nossas soluções:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *